Gestão do Bolsa Família alcança metas acima da média nacional

A Secretaria de Assistência Social, através da Gestão do Cadastro Único e Bolsa Família, comemorou os ótimos índices alcançados na atual gestão, superando até as médias nacionais.

As informações são do atual gestor do programa no município de Araçagi, Fábio Ferreira, que destacou o trabalho que é realizado através de parcerias com outras secretarias e com a contínua capacitação dos profissionais que trabalham no setor.

No município, são 4.829 famílias cadastradas, das quais 3.274 recebem o benefício do Bolsa Família. Isso significa dizer que 41,37% dos araçagienses são beneficiários do programa. Mensalmente, o programa insere cerca de R$ 700 mil reais na economia local.

Na Gestão das Condicionalidades, no tocante ao acompanhamento nas áreas da saúde e educação, quando os beneficiários obrigatoriamente têm de obedecer as regras como por exemplo, manter as crianças e adolescentes devidamente matriculados em escolas, ou no caso da saúde, manter as informações como vacinação das crianças e informações gestacionais em dia, as metas foram plenamente alcançadas, ficando acima da média nacional e se destacando como um dos municípios com melhor gestão.

Na educação, o acompanhamento atingiu a margem de 95,66%, enquanto a nível nacional esse percentual é de 91,18%. Na saúde, a margem de acompanhamento chegou aos 90,94%, enquanto a média nacional foi de 76,09%.

O gestor do programa, Fábio Ferreira, destacou que o que torna o trabalho do setor eficaz, é justamente a parceria que é feita com outras secretarias: “Nós trabalhamos em parceria com as secretarias de educação e saúde. Na educação, a gente trabalha com o gestor master, responsável por manter o sistema de acompanhamento devidamente atualizado, através da comprovação de que as crianças e os adolescentes estão estudando. Já na saúde, trabalhamos com uma forte parceria com os agentes comunitários de saúde, o que nos faz chegar com agilidade e eficácia nas famílias beneficiadas,” afirmou o gestor.

A Taxa de Atualização dos cadastros alcançou o patamar de 93,26%, enquanto a média nacional atingiu 83,83%. “Nós realizamos o procedimento de atualização cadastral a cada 2 anos, como determina o Ministério da Cidadania, no entanto, as portas do setor se mantém abertas diariamente para que se procurado, proceder com as ações que deem pleno acesso aos programas sociais à toda população,” pontou o gestor.

Fábio ainda garantiu que a gestão está voltada para um atendimento humanizado e ainda destacou que desde que chegou a gestão, muitas melhorias foram realizadas no setor como a individualização no atendimento, a modernização nos equipamentos, aquisição de outros materiais, toda logística para capacitação dos entrevistadores sociais, entre outras questões. O gestor ainda enfatizou a forte atuação da secretária de assistência social, Evanínia Nunes, a qual dispensa uma atenção toda especial para o programa no município.

A secretária Eva e o coordenador Fábio Ferreira, comemoraram os resultados obtidos: “Isso é prova do trabalho social que estamos fazendo, sem estardalhaços, sem nos utilizar da grande mídia, sem expor as pessoas mais necessitadas. Nós estamos fazendo nossa parte, com eficácia, humildade e sobretudo, responsabilidade e profissionalismo. Parabenizo toda equipe do Cadastro Único e Bolsa Família em nosso município pelos resultados,” disse a secretária Eva.

 

COMPARTILHAR